Categoria Notícias

porRicardo Jorge

Tarifa Branca – conheça antes de usar

Neste artigo sobre Tarifa Branca – conheça antes de usar, será apresentado um estudo feito ao longo de 9 meses utilizando a modalidade Tarifa Branca da ANEEL.

Após este período de testes, a unidade consumidora retornou para a tarifa convencional.

A modalidade Tarifa Branca é uma opção para o consumidor de energia elétrica que pode pagar por tarifas diferentes, conforme o horário do dia e o dia da semana, além de alguns feriados nacionais.

Observação : a Tarifa Branca não altera o consumo, mas cria faixas diferenciadas de cobrança pelo uso da energia.

O medidor de consumo

Para utilizar Tarifa Branca, é necessário que exista um medidor que possa registrar o consumo nos diferentes horários do dia e também nos fins de semana e feriados nacionais.

No caso deste estudo, o medidor instalado foi o da figura abaixo.

Medidor de energia
Medidor de energia – Imagem do site do fabricante

Este medidor tem a possibilidade de leitura remota por parte da empresa de Distribuição de energia e também tem 2 indicadores luminosos ( LEDs ) que piscam conforme 1 Wh ou 1 varh sejam registrados pela medição.

Infelizmente, no Brasil parece não existir interesse em divulgar estas opções que permitiriam ao consumidor acompanhar o consumo e assim, melhor utilizar a modalidade Tarifa Branca.

Com a Tarifa Branca, é necessário coletar 4 medições a cada leitura.

Isto dificulta o trabalho da Equipe de Campo da Distribuidora, porque o medidor pode não estar posicionado de forma a facilitar esta leitura e muitas das vezes, foi necessário permitir a entrada da Equipe, para coletarem as medições feitas.

Aqui fica um ponto de atenção para a ENEL, que deveria equipar os medidores com a possibilidade de leitura remota, sem a necessidade de intervenção manual da Equipe de Campo.

As tarifas e os horários de medição

Cada Estado e Empresa de Distribuição podem ter tarifas e horários diferentes e por isto é importante consultar o site ANEL ( Agência Nacional de Energia Elétrica ) para saber sobre as tarifas e horários de sua região.

No Estado de São Paulo e utilizando a Distribuidora ENEL, as faixas horárias, em maio de 2021, são :

Faixa – dias úteisDesignaçãoPercentual
16:30 – 17:30Intermediário+ 22,28%
17:30 – 20:30Ponta+ 88,01%
20:30 – 21:30Intermediário+ 22,28%
Faixas horárias e acréscimos sobre a tarifa convencional

Faixa – dias úteisDesignaçãoPercentual
00:00 – 16:30Fora de Ponta– 16,10%
21:30 – 23:59Fora de Ponta– 16,10%
Faixas horárias e descontos sobre a tarifa convencional

Para os fins de semana e feriados nacionais, a tarifa Fora de Ponta é utilizada durante as 24 horas do dia.

Um ponto importante é entender que nos dias úteis, a diferença entre Fora de Ponta e Ponta fica próxima a 104,11%, considerando o mês de maio de 2021.

Esta diferença considerou o desconto de 16,10% e o acréscimo de 88,01%, que são os valores extremos mostrados nas tabelas acima.

A Tarifa Branca também sofre os reajustes das bandeiras Tarifárias e isto é mais um fator a ser considerado pelo consumidor.

Abaixo, segue um relatório enviado pela Distribuidora ENEL, sobre o consumo nas 3 faixas tarifárias.

Tarifa Branca Exemplo
Tarifa Branca Exemplo de consumo

Mesmo com o consumo estando concentrado na faixa Fora de Ponta, a média de economia mensal ficou próxima de 7%.


Tarifa Branca – conheça antes de usar

Conclusão :

A real economia varia muito conforme o perfil do consumidor, podendo até mesmo elevar a tarifa mensal.

Será muito difícil conseguir uma redução acima de uns 8% no valor mensal, lembrando que o desconto máximo é de 16% para o Estado de São Paulo, na data desta publicação.

A observância dos horários é fundamental porque qualquer consumo nas faixas Ponta e Intermediário pode gerar uma grande diferença na tarifa mensal, apresentando um resultado muito pior para o consumidor.

Na minha opinião, a ideia da Tarifa Branca é interessante, mas sua implementação proporciona pouco ganho, algumas restrições e grande preocupação para o consumidor.

Para ser atraente, ou o desconto deveria ser maior, ou então os acréscimos na Ponta e Intermediário, serem menores.

É preciso entender e considerar que existe 5 horas de acréscimo nos dias úteis.

Alguns eletrodomésticos como a geladeira / freezer, operam dentro desta faixa das 5 horas de acréscimo, além da própria iluminação residencial, a TV e possivelmente o microondas para a hora do jantar.

Assim como já foi abordado em outro artigo, o uso da Tarifa Branca junto com Energia Solar ou Eólica, pode ser uma fonte adicional de economia para o consumidor, ou até mesmo uma primeira ação para economizar, uma vez que a implantação desta modalidade tarifária tem custo zero para o consumidor.

Assuntos relacionados :

Conta de luz energia solar e planejamento

Energia eólica ou solar em sua casa?


Image by kalhh from Pixabay

Atenção : O material usado para referência e as fotos para ilustração, não representam associação com as marcas, patrocínio, indicação e nem endosso para uso.

porRicardo Jorge

Usina fotovoltaica flutuante – Sobradinho BA

Através do uso de Energia Renovável, é possível atender necessidades em locais onde sequer imaginaríamos até bem pouco tempo atrás.

Este é o caso de uma comunidade em Sobradinho BA, que agora pode contar com água doce para suas necessidades.

Veja matéria no link abaixo.

Crédito pela matéria Canal Solar.

Crédito da imagem: Instituto Água Viva

porRicardo Jorge

Energia solar com design

O Sol fornece, em um hora, mais energia à Terra do que toda a humanidade usa em um ano inteiro. Como podemos tornar essa energia mais acessível a todos, em todos os lugares? A designer solar Marjan van Aubel mostra como está transformando objetos comuns, como tampos de mesas e vitrais, em elegantes células solares, e compartilha sua visão de transformar toda e qualquer superfície numa central elétrica.

Isto é abordado nesta apresentação TED, mostrada abaixo.